Case Fenosa

QLIK – CEG RIO DE JANEIRO
“Este projeto foi realmente muito importante para a Gás Natural Fenosa. Ele tem a capacidade de disponibilizar informações relevantes sobre os serviços prestados pela nossa empresa, que nos permitem melhorar o atendimento e detectar problemas e tendências, atuando assim de forma mais rápida.
Disponibilizar este dashboard aos usuários se caracterizou como uma quebra de paradigma em nossa empresa. Não tínhamos agilidade para obter um reporte com informações de diversos sistemas.
 “Este projeto nos permitiu obter informações precisas, de forma simples e com diversas opções de visualização.” Disse o CIO Brasil.

Fenosa_CEO
Flávio Campos de Moura e Silva, CIO Brasil

Dashboard mágico oferece controle da operação da distribuição de gás para o estado do Rio de Janeiro.

PERFIL: Gás Natural Fenosa é uma das companhias multinacionais líderes no setor de gás e eletricidade no mundo, com uma crescente e diversificada presença internacional.
No Brasil, realiza a distribuição de gás, operando a CEG e CEG Rio; a Gás Natural Fenosa; e a Gás Natural Fenosa serviços. Está presente em 68 municípios do Rio e de São Paulo, nos quais conta com mais de 899 mil clientes.

SITUAÇÃO: A Companhia é responsável pela distribuição de gás para clientes residenciais e indústriais em todo estado do Rio de janeiro. Este serviço é regulamentado pelo governo e, por determinação do órgão regulador (Agenersa), foi solicitado mensalmente o envio de um demonstrativo de cumprimento dos prazos de atendimento para determinados serviços. Exemplo: solicitação de gás, segunda via de conta, atendimentos de urgência, etc.
Todas as informações necessárias para montar este reporte se encontravam em sistemas diferentes e, em alguns casos, eram controladas através de planilhas em Excel ou em base de dados Access. As informações se encontravam de forma totalmente descentralizada e havia, inclusive, dados divergentes.

SOLUÇÃO: Considerando essa situação, a Companhia mapeou, por meio dos diversos sistemas, os indicadores de início e fim de cada solicitação e criou uma solução de BI com três camadas: extratores (powercenter), banco de dados (Oracle) e layer de front end (QlikView).
A Gás Natural Fenosa trabalhou então com as diversas áreas de negócio da empresa em busca da criação dos dashboards de controles unificados. Também, após algumas análises, foram sugeridas alterações de processo para passar a suportar e controlar operações que eram realizadas por planilhas. Mais que um sistema de reporte, a TI verificou que poderia entregar uma ferramenta para acompanhamento e tomada de decisão, uma vez que, ao medirem-se os prazos de serviços, consegue-se também demonstrar informações bastante relevantes para tomada de decisões executivas e operacionais.
O Investimento realizado foi relativamente baixo, pois a Companhia já possuía powercenter, licenças Oracle e hardware virtualizado (VMware) para a instalação doQlikView. Foi necessária, todavia, a aquisição de licenças da Qlik, assim como a contratação de serviços para desenvolvimento dos dashboards e alterações nos sistemas locais. O valor total do investimento ficou em torno de R$700 mil.

BENEFÍCIOS: o novo sistema possibilitou atingir e superar os objetivos da Companhia, uma vez que os dashboards, além de criarem reportes para o órgão regulador, conseguem demonstrar claramente tendências sobre todos os serviços que são controlados. Desta forma, é possível saber quase em real time a tendência de vendas de uma determinada região, que está fazendo mais solicitações de aquisição de gás que outras, por exemplo. Pode-se também saber que uma agência está com mais problemas de atendimento e que eles podem ter sidos gerados por sobrecarga. Agora há chances de detectar se há algum problema massivo em determinada região que necessite de uma atenção maior. Assim, há condições de alocar mais pessoas para atendimento, a fim de melhorar o serviço para os clientes.